quinta-feira, 31 de maio de 2012

PROJETO BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS SEMPRE!



                              PROJETO - 2012

 BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS, SEMPRE!

Público Alvo: Educação Infantil



1. JUSTIFICATIVA
O projeto vem com a proposta de levar a criança a vivenciar brincadeiras e brinquedos antigos e atuais, podendo assim conhecer e diferenciar que no processo histórico da humanidade acontece mudanças a partir do momento que o homem interage com o meio e o contexto histórico. É um momento que oportunizará as crianças interagir com seus colegas e familiares e participar da construção de brinquedos.

2. OBJETIVO GERAL

Oportunizar a criança a reviver e construir brincadeiras e brinquedos que caracteriza o tempo e a cultura de maneira significativa em que os valores de cooperação, de respeito, de justiça, de solidariedade e auto estima estejam presentes.

2.1 OBJETIVO ESPECIFICO

  Resgatar brincadeiras e brinquedos;
  Incentivar a interação entre a criança e a família;
  Promover o desenvolvimento psicomotor com os movimentos do corpo;
  Realizar trabalhos manuais;
  Proporcionar momentos de manuseio de materiais para a construção de brinquedos;
  Interagir com outras crianças da comunidade local.

3. METODOLOGIA

  Rodas de conversa para socializar com as crianças quais as brincadeiras e brinquedos preferidos e conhecidos por eles;
  Listar em um cartaz as brincadeiras e brinquedos citados pelas as crianças;
  Escolher uma das brincadeiras para brincar;
  Construir textos coletivos em que as crianças possam escrever as regras das brincadeiras realizadas e do material utilizado na confecção dos brinquedos;
  Pesquisa junto a família sobre as brincadeiras e brinquedos de sua infância;
 Realizar a leitura para as crianças do resultado da pesquisa e fazer uma lista na sala de aula de brincadeiras e brinquedos;
  Convidar os pais para participarem de um momento na escola com as brincadeiras e brinquedos;
  Pedir as crianças para desenharam às brincadeiras e brinquedos;
  Interagir esse momento com crianças da comunidade local.

                     

4. AVALIAÇÃO

A avaliação por ser um processo continuo acontecerá no durante o desenvolvimento das atividades.

                                                      SUGESTÕES
  Confecção de bola de meia;
  Cantigas de roda (ciranda-cirandinha, marcha soldado e etc.);
  Confecção de peteca;
  Brincadeiras (camaleão, estátua, cobra-cega, amarelinha, dança da cadeira, pique - esconde e etc.);
  Confecção de pé de lata;
  Confecção de pipa, cata-vento;
  Dramatização de cantigas (não atire o pau no gato, trem de Pernambuco e etc);
  Exposição de bonecas e bonecos de pano;
  Brincar de amarelinha, de cabra-cega;
  Bola de gude;
Convidar as mães ou pais para participar da construção de um brinquedo com seu filho e também brincar;
  A criança trazer brinquedos para a escola;
  Visitar o Estádio  Bandeirão;

CULMINÂNCIA
  Exposição para os pais dos desenhos, pinturas e brinquedos confeccionados.



Cunha (1988) reafirma que o brinquedo é oportunidade de desenvolvimento. É um convite ao brincar, facilita e enriquece a brincadeira, proporciona a motivação. Ele traduz o mundo real para a realidade infantil. É o alimento para a fome de conhecimento da criança.


 

 
LIMOEIRO DO NORTE-CE
ABRIL-2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário